-MG-9780.jpg

TEATRO DE CORDEL 

L.png

VIVA O CORDEL
com Mariane Bigio

Teatro Santarosa
  25/09
 
   SÁB
   17h
Entrada Gratuita.
retirada de ingressos na portaria do teatro com 30 minutos de antecedência - ingressos limitados

Uso obrigatório de máscara
Acessível em Libras

classificação livre

Ribeirão Preto recebe espetáculo de teatro em cordel

Projeto cultural Viva o Cordel traz Mariane Bigio em uma produção para todas as idades

O Teatro Santarosa de Ribeirão Preto será o palco do espetáculo de Mariane Bigio, com poesia, música e contação de histórias, utilizando teatro de bonecos, mamulengo, fantoches e outros recursos cênicos.  

 

Os textos são de autoria da poeta e cordelista Mariane Bigio e trabalham temas educativos e divertidos, buscando promover a valorização da literatura de cordel e o apreço pela leitura, sempre mesclando a diversão ao aprendizado.

 

Mariane Bigio é uma entusiasta da palavra. Pernambucana de Recife, tornou-se escritora, contadora de histórias, cantora e radialista. Ministra oficinas de literatura para crianças, jovens e educadores. Começou recitando nos mercados públicos da cidade, para o público boêmio do Recife. Hoje sua especialidade é a literatura de cordel escrita para crianças, mas Mariane continua aproveitando as oportunidades que surgem para recitar para “gente grande” e expor nas rimas os anseios e dilemas do cotidiano.

 

O projeto Viva o Cordel, contemplado pela Lei de Incentivo à Cultura, tem patrocínio do Atacadão, rede atacadista com mais 240 lojas espalhadas por mais de 160 cidades em todos em estados do Brasil.  "Promover apresentações, gratuitas que valorizem a cultura popular brasileira, situando a plateia nas origens da literatura em cordel, dando ação à palavra rimada, aliada à dinâmica do ritmo e mantendo vivo o interesse no espetáculo do primeiro ao último verso, são nossos propósitos", comenta Eliana Manzan, proponente e produtora do projeto.

 

Cordel

O cordel é uma linguagem literária caracterizada por contar histórias em poesia e com rimas. O nome faz referência à maneira como os livros eram expostos para a venda – pendurados em cordas ou barbantes. No Brasil, a literatura de cordel é muito popular no Nordeste, mas ela surgiu no século XVI na Europa quando a tecnologia da impressão gráfica permitiu reproduzir no papel as histórias orais popularizadas pelos trovadores. Os portugueses trouxeram a literatura de cordel para o Brasil no início da colonização.

COMPRAR

TEATRO

STAND-UP COMEDY SHOW

Teatro Santarosa
  08/07
   SAB
  20h30
R$15,00 (Antecipado) / R$15,00 (Meia) /  R$30,00 (Inteira)